agenda3

AGENDE-SE


Curso de Formação em Homeopatia

O tradicional Curso de Formação em Homeopatia promovido pelo GEHSP - Grupo de Estudos Homeopáticos de São Paulo "Benoit Mure", oferecido desde 1977, é destinado à formação de Médicos, Veterinários, Farmacêuticos e Odontólogos na prática da Homeopatia.

Inscrições e informações para a turma de 2018 pelos tels (11) 2973-3271 ou 2978-2060.
Acesse também a página de Cursos para conferir a pr
ogramação.

2017-11-15-PHOTO-00000119

Homeopathy1




Similia similibus curentur

(Cure-se o semelhante pelo semelhante: Principal fundamento da Homeopatia).


O IHGG - Instituto Hahnemanniano George Galvão lhe dá as boas vindas. Aqui você vai encontrar tanto conteúdos destinados a pacientes e ao público em geral, com informações úteis sobre Homeopatia, alimentação e vida saudável, quanto conteúdo voltado à prática profissional: informações sobre Cursos de Formação de Especialistas em Homeopatia, Homeopatia Clínica e Pesquisa em Homeopatia. Vai encontrar também História - da Homeopatia (desde suas origens até sua chegada ao Brasil), do Centro Médico Homeopático David Castro, e do GEHSP - Grupo de Estudos Homeopáticos de São Paulo Benoit Mure.

Nossa missão é a prática da Homeopatia em sua plenitude - Homeopatia Unicista, seguindo de perto os ensinamentos dos grandes mestres, de Hahnemann a Galvão.

Obrigado pela visita,

Boa leitura!



Início

Nos dias de hoje, vemos uma procura crescente por formas mais naturais e menos agressivas de tratamento. Cresce o número de pessoas insatisfeitas com o tratamento médico alopático, com a dependência de drogas/fármacos e seus intensos efeitos colaterais. Também vem crescendo o número de médicos insatisfeitos com os resultados obtidos no tratamento médico alopático ensinado tradicionalmente nas escolas de medicina, além do acúmulo de relatos referentes ao sucesso do tratamento homeopático.

Neste contexto, a Homeopatia vem se firmando como uma opção viável, segura e eficaz, deixando de lado a aura mística alternativa na qual se viu envolvida na década de 70, e ressurgindo no meio científico, tanto no Brasil como no mundo; de fato, segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde), a Homeopatia é a segunda terapia mais utilizada para tratamento primário em todo o mundo (a medicina alopática é a quarta). Na França, onde Hahnemann clinicou até o fim de seus dias, 40% das pessoas se trata com Homeopatia; na Alemanha (terra natal de Hahnemann) e na Espanha, a Homeopatia também é intensamente difundida. Estudos realizados na Suíça mostraram vantagens: custo anual mais baixo que a média no atendimento convencional; a qualidade do cuidado homeopático, relatada pelos entrevistados, foi superior à do atendimento convencional, mesmo levando-se em conta a gravidade da doença e as faixas etárias atendidas; as crianças foram atendidas cinco vezes mais pelos homeopatas, e raramente precisaram ser encaminhadas aos pediatras. No mundo todo, inúmeros artigos têm sido publicados ressaltando a eficácia dos medicamentos homeopáticos e seu benefício na economia devido ao menor custo (e por isso também a OMS a recomenda para todos os países).

Fora da Europa, a Homeopatia é forte nos EUA, na Índia, Europa Oriental e alguns países da América Latina, como Brasil, Argentina e México. No Brasil, existem mais de 30 mil médicos homeopatas (cerca do 10% do total de médicos). Em 1977, a Homeopatia foi reconhecida entre nós como especialidade farmacêutica. Em 1980, a Homeopatia torna-se especialidade médica, reconhecida pelo CFM (Conselho Federal de Medicina), e a Constituição Brasileira de 1988 coloca a Homeopatia oficialmente no SUS (estipula a obrigatoriedade de haver um médico homeopata em cada posto de saúde). Em 2006, o Ministério da Saúde publica a Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares no SUS (PNPIC), oficializando a homeopatia como parte de uma política nacional de saúde, reconhecida e necessária à população ? que tem o direito de ter acesso universal a ela dentro do sistema público de saúde brasileiro.



O Médico


O Médico - Samuel Luke Fildes, 1891


"O médico é ao mesmo tempo filósofo (...). Não há grande diferença entre medicina e filosofia, porque todas as qualidades de um bom filósofo devem ser encontradas no médico: altruísmo, zelo, modéstia, aparência digna, seriedade, julgamento tranqüilo, serenidade, decisão, pureza de vida, o hábito da concisão, conhecimento do que é útil e necessário à vida, reprovação das coisas más, um espírito livre de desconfianças, devoção".

HIPÓCRATES.


"Escolhei de preferência um médico que jamais se mostre grosseiro, que nunca se irrite, salvo à vista de uma injustiça; que não desdenhe de pessoa alguma, salvo os lisonjeadores; que tenha poucos amigos, mas por amigos, homens de coração; que deixe aos que sofrem a liberdade de se lastimarem; que jamais emita uma opinião sem prévia reflexão; que prescreva poucos medicamentos, a maioria das vezes um único, e em substância; que viva modestamente e retirado, afastado do ruído da multidão; que não dissimule o mérito de seus confrades e não faça auto-elogio; enfim, um amigo da ordem, da tranqüilidade, um homem de amor e caridade".

SAMUEL HAHNEMANN.


"Antes de escolherdes um médico, observai como ele se comporta com os doentes pobres e se, em seu gabinete, quando está só, se ocupa com trabalhos sérios".

SAMUEL HAHNEMANN.






Dúvidas
?


Queremos
tornar a homeopatia mais conhecida, ajudar na construção de consciência crítica de nossos leitores, e também divulgar uma opção eficaz e mais natural de medicina, que privilegia a individualização. Sabemos ser um esforço modesto, mas válido. Acompanhe as atualizações, e veja os Cursos Livres e de Formação (confira nesta página). E para qualquer dúvida, não hesite em nos procurar. Nossos médicos estão plenamente capacitados a auxiliar você a encontrar uma nova maneira de cuidar da sua saúde, mais natural e saudável, e respeitando seu corpo e a natureza.


No mais, tomamos por nossas as palavras de Samuel Hahnemann:

                       "[sei] (...) para que fim fui posto na Terra: para tornar-me melhor tanto quanto possível e tornar melhor tudo que me rodeia e que eu tenha o poder de melhorar" (em 1828).




                                        
História | Biblioteca | Parceiros | Sobre nós
Site Map